segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Bancos e cartórios...que estado é esse?

Fruto de uma mentalidade arcaica e oportunista, já repudiada pela grande maioria dos soteropolitanos, conscientes da necessidade de uma regulamentação transparente que lhes dê confiabilidade e da imprescindibilidade e de enormes filas sem resultado imediato no seu pedido. Seja ele qual for, casamento, procuração, registros de documentos então, leva 15 dias aqui em Salvador. Numa realidade ofensiva, negativa e que nos leva a desconfiar de corrupção! 
Na precisão de passar uma procuração, a propina paga chega a R$300,00 pelo despachante, com promessa de ser entregue no dia seguinte.
Somos alvos de ultrajantes ataques, contra nosso esforço, subestimando nossa inteligencia com modelos de serviço jurássico e a fonte de toda indesejável burocracia.
Foi o que aconteceu comigo, ao precisar de uma procuração de plenos poderes e o único cartório, na cidade baixa, pediu 15 dias para entregar-me...Se preciso de uma só pode ser imediata! 
Apelei ao despachante que se colocou solicito, cheio de graça...Pediu R$ 280,00 para entregar no dia seguinte.
Dei risada, para depois processar o absurdo que escutei, já respondi nervosa, que meu dinheiro, fruto do meu suor, não estava disponível para propinas!
Então li a seguinte noticia:

O governador Jaques Wagner decidiu sancionar sem a menor ressalva o projeto de privatização dos cartórios, aprovado por unanimidade pela Assembleia Legislativa da Bahia. Embora pressionado pela presidente do Tribunal de Justiça (TJ-BA), desembargadora Telma Britto, e após estudos encomendados pelo governo, ele chegou à conclusão de que a aprovação foi realizada de forma consciente e correta, daí porque abandonou qualquer possibilidade de veto e resolveu sancionar a privatização total dos 1.549 cartórios baianos.9/09/2011.

E continua!

O fato coloca, definitivamente, um ponto final em uma situação que perturbava os baianos por não encontrar facilidades, pelo contrário muitas dificuldades, no uso dos cartórios. Além do mais, com a privatização, vai acabar a corrupção como está a acontecer, com aquilo que os advogados baianos chamam de CPF, ou seja, Custas por Fora, para agilizar o registro e processos através dos cartórios extrajudiciais.
Caraca, até advogados estão nessa enrolada??
Quando o Brasileiro será honesto?
Quando as pessoas vão parar de pagar para obter seus serviços que já embutiram nos impostos?
Quando o povo vai cobrar seus direitos e ensinar aos donos de cartórios, supermercados, escolas, convênios, e tantos outros serviços que dependem de nós?

Entrei no site de voos, achei uma passagem de R$170,00 ida e volta para BH, fui ao cartório fazer a procuração,voltei em 3 dias e ainda matei a saudade da minha família! 
Gastei mais alguma coisa, gastei sim, mas peguei a procuração na hora!

Lamentável ter que viver driblando aproveitadores, sugadores da necessidade jurídica!
Lamentável!!








domingo, 16 de outubro de 2011

Mal de Alzheimer....uma válvula de escape!

Em muitos plantões, deparo com o idoso, um ser que admiro ,gosto de conversar e aprender. Em muitos o diagnóstico é o Mal de Alzheimer ou na minha visão a válvula de escape. 
Lembro minha amada mãezinha dizer que não gostaria de ter essa doença ingrata, que roubaria todo o seu presente, onde falaria do passado sem a mente acompanhar....lembro dela,  sentada  no sofá debaixo da janela, os pés na mesinha central para descanso, pronunciar com  exatidão como gostaria de morrer :
 - Quero morrer como um passarinho minha filha!E não doa nada meu, nem rins, nem córneas, quero ser enterrada com tudo!!
Vejo tantos velhinhos querer dizer vermelho e sai azul, delirar com uma casa que acha ser de seu parente,que faleceu há mais de 30 anos. Chamar a Mãe ou o Pai na beira do leito, conversar com um irmão ou tia que não encontra por anos.
Vislumbro um futuro cheio de tecnologia e não me preocupo em como será a minha velhice! 
Mas nessas horas penso, e penso como minha mãe, não quero ficar assim!
Como poderia pensar uma pessoa que veio de 1924, enfrentar tantas mudanças e ter uma mente  aberta para equilibrar o imenso reboliço que o mundo passa?
Fico observando a paciente Luíza com  sua face inexpressiva e fixa e olhando para o nada.Pergunto o que está pensando e ela logo responde:
- Em nada!Não sei!Nem eu sei!
Acho engraçado, mas me pergunto se assim não é melhor. 
Se as pernas não acompanham mais, nem comer sozinha pode, para que saber o que vem a cabeça?
Dizem os especialistas que as alterações da memória e da orientação espacial causam estados depressivos que se manifestam por apatia e desinteresse pelas tarefas e atividades até então normalmente desempenhadas e inseridas no cotidiano recente.Que devemos estimular o idoso, alegrar seu dia, não deixa-lo sozinho, e cuidar de sua alimentação, principalmente água!Li a pouco tempo um artigo, onde a importância da água no nosso organismo, e se feito desde novo, evitamos varias doenças, inclusive Alzheimer.
Pacientes bem cuidados,que foram tratados com os medicamentos adequados e tiveram boa orientação familiar apresentam uma melhor qualidade de vida e o aparecimento de complicações é significativamente mais tardio.
Desconfio que sabemos quando começa a perda da memoria, da dificuldade de cozinhar, fazer compras, dirigir,telefonar. E nos entregamos a depressão, por negar a ajuda, achar que todos exageram,implicam....e vamos nos fechando cada vez mais!
Vi melhoras em muitas idosas que foram morar em casas de apoio, ou asilo, que cuidam com amor e renovam a qualidade de vida.O mal de Alzheimer é uma doença progressiva, de causa e tratamentos ainda desconhecidos, que atinge principalmente pessoas idosas. Estima-se que existam no Brasil entre 500 mil a 1 milhão de casos. 
Afeto, atenção e carinho com o idoso são um santo remédio!!!
E água, muita água!!Não deixe seu idoso sem hidratar, a melhora é imediata!












domingo, 18 de setembro de 2011

Justificando elogios

Depois de quatro meses morando em Lauro de Freitas posso listar as qualidades e elogiar situações que não fogem ao padrão. Na verdade por ser observadora de insistência, e ter cultivado em olhos de águia os meus próprios repassando utilidade de vida diária. Mesmo sabendo que está no ser humano o erro, declaro ter visto a busca da perfeição.
Preço e atendimento das meninas do Atakadão Atakarejo são de aplaudir. Fiquei sabendo a historia do proprietário e por vir de baixo, trabalhando muito, percebi que ele valoriza a classe baixa, levando oportunidade de mesa farta e crescimento na empresa.
O transito em toda Lauro de Freitas, para quem é morador, merece medalha. São educados, cordiais e respeitam o pedestre! Pacientes, por ser nato, claro é outra qualidade!
A Prefeita Moema, tem uma dedicação especial, não deixa buracos fazerem aniversários, a operação tapa buraco, tapa mesmo. Basta nascer um e olha a prefeitura fazendo a morte do que poderia quebrar seu carro ou provocar um acidente, muito resultado dessa ação gera satisfação. Claro que sempre falta melhorias em outras áreas por aqui, como o atendimento do hospital.
Tenho perguntado aos amigos de Villas a sua satisfação em relação à segurança e transito. A maioria diz preocupar-se com o transito, principalmente na Copa do Mundo, e que a segurança melhorou bastante de um tempinho para cá. É tenho visto muitas blitz e viaturas circulantes por muito tempo.
Então está na hora de traçar novos projetos para o transito, para que futuramente não venha ser um caus e população insatisfeita e frustrada com o local de sua moradia!
As praias estão uma beleza, sem sujeira e deliciosamente adequada ao natural. As barracas reunidas do Caranguejo, que foi criada em uma praça enfrente ao mar em Ipitanga, me interrogaram no inicio. Queria saber se daria certo, barraca na calçada e mar bem longe. Fiquei ali, inquieta, querendo o acontecer das coisas, único a abrir a janela do carro e observar o que seria dos turistas e nativos ao banhar-se e ter fome. Normal, como no Rio de Janeiro, pessoas precisam administrar sua fome, hora da diversão, hora de comer, e ter respeito pela natureza, como manter limpa a areia. Pessoas levando sacos e recolhendo o lixo de picolés, sanduíches, refrescos e colocando no lugar certo!
Fantástico!
E para finalizar os garis do lixão! São educados, singelos, organizados, passam todos os dias e sempre estão sorrindo!
Esse maravilhoso mundo dos humanos que gostaria de ver em todas as profissões, situações, famílias.
Mas será que muitas pessoas percebem hoje que valorizar o óbvio está modificando o amor? Fácil elogiar a modelo magra, a artista linda, o cantor sensual, o politico tal, eles trabalham com isso, investem nisso, tem a obrigação de ganhar o dinheiro deles nisso e fazerem o melhor! 
E o elogiar do catador de papelão, que ajuda a reciclar seu lixo, e do jardineiro que tem a magia nas mãos de transformar seu jardim, e no frentista que enche seu tanque e agradece sua presença? 
Deveríamos agradecer a todos que por uma razão passam na nossa vida!



























quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Programação e ação


      

Libertar-se das bengalas psicológicas de apoio é um passo decisivo no rumo da vitória. Ouvi ou li essa frase que ficou cravada nos meus pensamentos.Na verdade imaginava o rumo da vitoria, e que bengalas poderiam ser! Ao pensar muito cheguei a conclusão que bengalas de apoio poderiam ser o medo e o muro. O muro que protege e que nunca sabemos o que tem do outro lado. O indivíduo faz-se forte porque tem fortaleza interior aguardando o desabrochar da possibilidade. Essa frase também li, e o desabrochar estava sempre presente na minha vida, eu raramente tinha um dia comum, rotineiro. Hoje percebo com clareza o que não enxergava com 16 anos, as possibilidades são as mesmas e a intensidade são para todos, e nos faz maduros.O amadurecimento íntimo ensina como agir diante dos desafios, enfrentando situações desfavoráveis e percebendo o significado das ocorrências.

Mas impossível seguir os conselhos filosóficos que lemos ou ouvimos, e vamos assim mesmo aprendendo.

Claro que ao chegarmos na idade madura,enfrentamos situações que não estamos maduros para enfrentar e nem solucionar, como se tivéssemos 16 anos.E geralmente nem lendo, nem ouvindo nos ajudam decidir algo, que sabemos que só o destino poderá definir.

Esse pensamento de enfrentar ou decidir algo na vida de cada um veio por um amigo amado demais, que busca no seu interior a melhor resposta para suas duvidas, no qual o levará a decidir o final de mais uma historia. Há resposta simples de varias pessoas, um sim ou um não, sem encucar os valores populares, sem criar polémica. E no entanto explico com detalhes que a vida além de rasteirar a auto ajuda, sempre tem um caminho melhor.

Ao meu amado amigo digo:

- Seu coração sempre saberá a resposta!
 









sexta-feira, 19 de agosto de 2011

Opa achei!

Meu amigo Victor está a procura de apartamentos para comprar. 
Nada como corretores que separam em tipo e estilo do cliente para pesquisar....foi o que ele fez.
Olhou vários, e achou o que queria! 
Na Graça, perto do trabalho, dispensando o carro.
Conversa vai, documento vem, assina aqui, assina ali e na hora final de rubricar, a proprietária pará e 
pensa em voz alta :
- Onde vou colocar minha mãe se eu vender?

Só acredito nessa historia contada pelo meu amigo por que ele é de confiança!
Não acreditei, estou sem entender, como uma filha quer vender o apartamento da mãe e não saber onde coloca a idosa?
Como que ela só atinou para a moradia da mãe depois de prometer a venda?

Sinceramente não sei como esse absurdo de duvida, descaso ou sei lá o que é, pode acontecer no momento da venda.
Venda desfeita! Venda perdida!Venda iludida!

Em uma conversa de meu amigo com o corretor, ele declara que os proprietários agem assim frequentemente, e que teriam uma reunião para resolver isso, pois muitos pagam a multa de contrato com a imobiliária por não cumprirem com o negocio, e sempre no ultimo segundo. Quando o comprador sorri por ter feito a compra de sua casa, o vendedor tem uma duvida e desisti.

Até agora não entendo essa atitude, de uma pessoa ou cinco ter duvidas eu entendo, mas a maioria agir assim é um mistério sem chave.

Poderíamos achar no jornal o seguinte classificado:

"Vendo lindo ap 3/4 suite 1/4 serviço com mãe idosa, que não dá trabalho, come pouco e nunca sai."

Na maior parte do mundo, as mulheres vivem, em média, quatro anos a mais que os homens. No Brasil, de acordo com a OMS, a expectativa de vida é de 68 anos para os homens e 75 anos para as mulheres.



"Eu os amei o suficiente para ter perguntado: onde vão, com quem vão e a que horas regressarão".Eu os amei o suficiente para não ter ficado em silêncio, e fazer com que eles soubessem que aquele novo amigo não era boa companhia.

Cuidar do idoso, seja Mãe, Pai ou Avós é cuidar do futuro!E se  
pensar bem, sua Mãe vai amar morar com você!









sexta-feira, 5 de agosto de 2011

A voz de Amy...

Por ser  fã das musicas e da voz, preciso escrever sobre Amy.

Amy Winehouse estava noiva quando morreu



Amy Winehouse foi umas das melhores cantoras de blue e com uma pegada meio hip-hop em referências retrô da música soul e outros ritmos da black music de outros tempos. Seu estilo visual na moda do passado, com cintura marcada, decote pin-up e vestidos sensuais,ela pedia socorro e falava de amor, nas letras de sua autoria.
Em (There Is) No Greater Love, ela diz que o amor que ela sente é porque ele é doce....
"Não há emoção maior Do que a que você traz pra mim. "
Em back to black ou seja Volta para o Luto, ela cobra o abandono daquele que te levou a loucuras,e sabe-se lá como.
Na letra ela diz :
"Eu te amo tanto"
Isso não é suficiente, você ama cheirar e eu amo dar um trago
E a vida é como um cano
E eu sou um minúsculo centavo rolando paredes adentro "
Amy tinha uma linda alma, seus olhos dizia!
Amy estava amando, tinha um namorado e iria se casar ano que vem.
Reg, de 35 anos, deu a Amy, de 27, um anel de diamantes e pediu-a em casamento. Segundo fontes do "The Sun", a cantora aceitou de imediato. "Ela não queria mais nada para além de ser mulher dele. Ela queria ver-se livre dos demónios a todo o custo. Eles diziam abertamente que queriam passar o resto das vidas juntos. Eram o mundo um do outro", confirma a fonte.
Como em Rehab ela pede em seu estrofe:
"Eu não quero beber nunca mais
Eu só oh, só preciso de um amigo
Não vou desperdiçar dez semanas
Pra todo mundo pensar que estou me recuperando"


Todo mundo pensar!! Todo mundo, o mundo vira as costas aos viciados, o preconceito ignora a grande necessidade dos seus sonhos. Amy tinha voz, talento e gerou dinheiro, tinha como se ajudar, mas não tinha forças. E fica na maioria dos viciados a falta de coragem para parar. Brecar um vicio sozinho é muito quase impossível. Sem dinheiro é impossível. A droga custa muito pouco e o tratamento muito caro, e a falta de paciência dos amigos e da família faz com que desistam de serem felizes, serem eles mesmo. A droga os levam para outro mundo, um que ninguém conhece, o seu mundo. Vazio, mas perfeito para ficar livre, um mundo sem responsabilidades e compromissos, quando o viciado volta, 2 dias ou mais já se passaram. Deve haver alguma coisa mais poderosa que essa droga, deve ter além de ajuda de grupo, clínicas e apoio.


As crianças que vejo no Pelourinho, fumando seu crack com liberdade, precisam de socorro. São crianças, perdendo a infância pulando a vivência de alegrias e formação de amizades e estudos. Perdendo a saúde, a vida!


Amy ficará eternamente em caixas de sons, para mim um  pesar de uma moça jovem ser corrompida pela droga, essa que o governo não quer controlar!










sexta-feira, 8 de julho de 2011

Maduro eu?


Li esse texto do Mário de Andrade e fui concluindo cada parte em relação a minha vida!


O VALIOSO TEMPO DOS MADUROS


Contei meus anos e descobri que terei menos tempo para viver daqui para frente do que já vivi até agora. Tenho muito  mais passado do que futuro. 
(Acho que ainda não,mas tenho um bom passado, menos tempo... não saberia dizer).


Sinto-me como aquele menino que recebeu uma bacia de cerejas... As 
primeiras, ele chupou displicente, mas ao perceber que faltam poucas, rói o 
caroço.
(Sinto que me falta o sabonete na hora do banho,ou a toalha depois dele,sinto pouco..).


Já não tenho tempo para lidar com mediocridades. Não quero  estar em reuniões onde desfilam ego inflamados. Inquieto-me  com invejosos tentando destruir quem eles admiram, cobiçando seus lugares, talentos e sorte.
(Esse tempo já não disponho a muito tempo,desde os 16 anos.Me revolto com destruidor de qualquer coisa,inclusive do futuro, né governantes).


Já não tenho tempo para conversas intermináveis, para discutir assuntos inúteis sobre vidas alheias que nem fazem parte da minha.
(Concordo plenamente!!! Nem o lado bom nem o ruim, conversas longas só com pessoas cultas,onde aprendo).


Já não tenho tempo para administrar melindres de pessoas, que apesar da idade cronológica, são imaturos. Detesto  fazer acareação de desafetos que brigaram pelo majestoso cargo de "secretário geral do coral".
(Perfeito,minha irmã de 56 anos e meu irmão de 51 anos, cansei, tem 40 anos que vivo o mesmo drama).


'As pessoas não debatem conteúdos, apenas os rótulos'. Meu tempo 
tornou-se escasso para debater rótulos, quero a essência, minha alma tem 
pressa...
(Rótulos, marcas, potencia....disputam o vazio, a conta e o modelo....há muito minh'alma  aprendeu a criar a essência).


Sem muitas cerejas na bacia, quero viver ao lado de gente humana, muito humana; que sabe 
rir de seus tropeço, não se encanta com triunfos, não se considera eleita 
antes da hora, não foge de sua mortalidade.
(Estou selecionando, lista pequena, e sigo  os conselhos de minha Avó, conhecer humanidade pelas portas da alma, se afaga uma criança ou um animal deve ter bom coração).


Caminhar perto de coisas e pessoas de verdade. O essencial 
faz a vida valer à pena. E para mim, 
basta o essencial!
(E creio como você Mário que estas pessoas existem, isso é essencial).
Rosa Cezar


Mário de Andrade

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Imprensa Investigadora!

Na matéria "Que Lei é essa" do dia 22/06/2011, Estado de Minas, venho tentar esclarecer o que o jornalista não fez.
Sanitizar significa processo de higienização que envolve processo para obter um grau de higiene e limpeza em todos os componentes do ambiente de trabalho, reduzindo assim os microrganismos presente a um  numero compatível ao produto.
Sou enfermeira e hoje buscamos um meio de evitar a infecção hospitalar, numero alarmante nos hospitais. Sabemos que o contagio de pessoas a pacientes são um dos veículos de transmitir doenças, assim como uma pessoa com renite alérgica cronica, frequenta um cinema ou um teatro,como o Minas centro, pode adquirir uma sinusite, por respirar em um ambiente contaminado, sem manutenção de ar condicionado e carpetes.Essa pessoa gastará com medicamentos paliativo, e terá uma licença trabalhista de pelo menos 5 dias! Esse mesmo, pode levar ao hospital a mesma bactéria para um doente de baixa resistência. Essa foi a Lei que aplaudi, pois protege a população de doenças trabalhistas, pois o funcionário trabalha em um ambiente climatizado sem as normas de limpeza e manutenção dos aparelhos de ar. O Hospital João XXIII tem um ar condicionado precário, onde alimenta focos de fungos e bactérias, propagando as doenças. Tentamos fazer um piloto no andar dos queimados, afim de provarmos a eficácia do produto e não conseguimos por ordem politica ou sei lá. Um diretor de um hospital do Barreiro, me disse que quem sustenta os hospitais é o medicamento, a internação acima de 14 dias.
Dr.Carlos Starling também quis fazer um piloto na UTI e comprovar a eliminação de cepas de varias bactérias. Esse sendo o maior infectologista da América do Sul e um dos melhores do mundo, não foi suficiente para ter apoio e verba de pesquisa. Mas quando vários hospitais estão no pico do gráfico em infecção, o chamam  para resolver. Sem um seguimento na profilaxia será sempre assim.
Será porque?
Por isso venho esclarecer que a sanitização nos ambientes de trabalho, hospitais, teatros, aeroportos, consultórios,clínicas dentarias, salas de espera hospitalar, em crise a epidemias, seria melhor que comprar milhões de vacinas de laboratórios sangue-sugas do poder politico.
Parabéns ao Vereador Pablito e ao Prefeito Márcio,e que faça valer a lei principalmente em hospitais públicos,onde falta papel higiênico,soro e medicação. E nós enfermeiras doamos cuidados da profissão e muito amor, mesmo deparando com situações impossíveis de acreditar.
Ao que diz à pesquisas cientificas, o produto Sanik, da empresa Supersan tem licença na ANVISA e testes de cepas importantes na eliminação das bactérias como:Pseudomonas aeruginosa, Staphylococcus aureus e a Escherichia coli comuns no ambiente hospitalar.
Que seja feita justiça na matéria desinformada do caro jornalista! Pesquise!

Obrigada!

sábado, 18 de junho de 2011

Canários e Rolinhas

É um pássaro com um comprimento total de 12,5 centímetros e com um comprimento de asa de 71 milímetros. A sua plumagem é geralmente amarelada com a parte inferior do ventre de cor clara.

Então minha amiga Terezinha resolve alimentar as Rolinhas com canjiquinha e nessa devassa esplanada de aves, chegam os Canários, rei Sabiá e Rolinha, dividindo sem confusão, o alimento ofertado de coração.
Esse ato de amor e respeito aos animais de uma forma responsável e igualmente relevante é a Terezinha, que  alimenta-os em seu quintal sempre admirando o desfrute dos bichinhos em encher o papo.
Eu sempre amei animais, os tive desde criança e soube com o tempo como o sentimento desses bichinhos, até de uma lagartixa é visivelmente real.

Mas vi a tristeza dela ao descobrir que a ração que compra no mesmo estabelecimento há muito tempo, vinha em menor quantidade. O pedido era feito por telefone, marcava o dia, passava de carro, enchia o porta malas de ração para um mês e pagava em cheque.

Desconfiada por durar apenas dez dias, chegou a pensar que o numero de hospedes ( passarinhos), tinha aumentado e foi pensando que a quantidade poderia ser a mesma, descobriu algo errado.

O proprietário não pesava o real 20 kilos de ração, mandava apenas a metade.
Descobriu apenas em não ligar fazendo o pedido, foi direto a loja e viu a pesagem.
Realmente concluiu, estava levando metade e pagando o inteiro, e deslocando duas vezes no mês para que seus "bichinhos" não passassem fome.
Na verdade pagando 40 kilos no mês e consumindo os 20 kilos divididos em dois. Uma vergonha!!!!

-Indignada, triste, chateada!! 
Foram as palavras que ouvi e resumi: 
- obra de marqueteiro!

Confiança subliminar é aquela que não pode ser captada diretamente pelos sentidos humanos, mas é percebida pelo inconsciente. Um exemplo são a embalagens que compramos nos supermercados, indicando um volume, kg ou litros e pagamos sem conferir.
Como garantir que estão sendo corretos com sua compra? Só averiguando!!

E nessa de achar que somos enganados o tempo todo, quem garante que sua conta de Luz é real?
E a água onde faço esforço de economizar, tenho medo da falta dela, será que está contabilizada certa?
E a bomba de Gasolina, será que foi mesmo os 10 litros que o display mostrou?
Será que somos passados para trás o tempo todo?

Lamentável amiga Terezinha!